Temer só é aprovado por 2% e 87% querem diretas

Pesquisa divulgada pelo portal Poder360 revela que Michel Temer virou margem de erro: apenas 2% consideram seu governo positivo, enquanto 75% o rejeitam (aumento de 10 pontos percentuais em relação à pesquisa de maio); 79% dos entrevistados desejam a renúncia ou a cassação do peemedebista; em caso de queda de Temer, 87% dos brasileiros querem escolher o próximo presidente; eleições indiretas, ou seja, por meio do Congresso Nacional, é a preferência de apenas 4%

Do Brasil 247

Pesquisa realizada pelo DataPoder360 com 2.096 brasileiros entre 17 e 19 de junho, divulgada nesta quarta-feira 21, revela a avaliação negativa histórica que alcançou o governo de Michel Temer.

Apenas 2% dos entrevistados consideram o atual governo positivo, enquanto 75% o rejeitam (aumento de 10 pontos percentuais em relação à pesquisa de maio). A renúncia ou a cassação do peemedebista é o desejo de 79% dos brasileiros. Para 76%, a absolvição de Temer no julgamento do TSE foi um erro.

Em caso de queda de Temer, 87% dos brasileiros preferem eleições diretas, ou seja, querem escolher o próximo presidente. As eleições indiretas, pelas quais deputados e senadores escolheriam o substituto para comandar o Palácio do Planalto, é a preferência de apenas 4%.

Leia::  Cala a boca já morreu, Cármen Lúcia!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *