Temer prepara represálias contra Renan, que contra-ataca. Assista

por Fernando Brito, Tijolaço

O retorno, hoje, das críticas públicas de Renan Calheiros ao Governo Michel Temer (veja o vídeo ao final do post) é sinal de que o ex-presidente do Senado já dá como irreversível o rompimento de parte do PMDB com a inevitável aliança entre o PSDB e o atual presidente no processo eleitoral de 2018.

Renan já está informado das medidas de retaliação de Temer, procurando esvaziar no Senado o grupo que o apoia.

A primeira manifestação de Renan, quinta-feira, ficou no ataque a Henrique Meirelles e seu pacote de arrocho fiscal.  A de hoje, teve Temer diretamente  como alvo|:

“A sanção presidencial da terceirização irrestrita e a insistência do governo em fazer a reforma da Previdência, que pune trabalhadores e o Nordeste, significa dizer que o governo continua errático. E quem não ouve, erra sozinho”

O recado não poderia ser mais claro: erre sozinho, Temer.

O problema é que Temer não tem como errar sozinho, porque sozinho não tem os votos necessários para destruir os direitos sociais da Constituição de 88.

Leia::  Cantanhêde bate o próprio recorde de sabujice ao defender a volta de Temer ao Jaburu

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *