Renan: ‘Temer errou ao governar influenciado por um presidiário’

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), líder do PMDB no Senado, foi à tribuna do Senado nesta terça-feira, 27, para dizer que Michel Temer está “fazendo de conta que governa o País”; para o senador, Temer errou ao “achar que poderia governar o Brasil influenciado por um presidiário de Curitiba”, referindo-se ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), condenado a 15 anos de prisão por corrupção na Lava Jato; Renan defendeu ainda que Temer deixe de adiar uma decisão sobre o futuro do governo. “Demorar mais um mês, dois meses, um ano a frente do governo não vai mudar nada. É uma resistência para o nada”, disse

Do Brasil 247

Em um duro pronunciamento nesta terça-feira, 27, o senador Renan Calheiros, líder do PMDB no Senado, disse que Michel Temer está “fazendo de conta” que governa o país. “Governando para onde?”, questionou.

Para o senador alagoano, Temer errou ao “achar que poderia governar o Brasil influenciado por um presidiário de Curitiba”, disse em referência ao ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), condenado a 15 anos de prisão por corrupção na Lava Jato. “Isso não ia chegar a lugar nenhum”.

Para Renan, é preciso ter “muita humildade” para receber a proposta feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que sugeriu que Temer encurte seu mandato.

Leia::  A suruba tem pressa

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *