Rachel Sheherazade, a “idiota inútil”

Por Altamiro Borges, Blog do Miro

A fascistoide Rachel Sheherazade voltou a “brilhar” nas redes sociais. Nesta segunda-feira (13), logo após o término do telejornal SBT-Brasil, a apresentadora postou nas redes sociais as fotos de artistas contrários ao golpe do impeachment – Camila Pitanga, Bianca Comparato, Leandra Leal, Gregorio Duvivier, Wagner Moura e Marcos Palmeira – e os rotulou de “idiotas inúteis”. Ela também usou uma frase, atribuída ao ator ianque Kevin Spacey, o Frank Underwood da série “House of Cards”, ainda mais agressiva: “A opinião de um ator sobre a política não importa merda nenhuma”. A postagem bombou na internet. Seus fanáticos seguidores ficaram excitados com a mensagem de intolerância e ódio. Já os internautas que discordam das suas ideias tacanhas e reacionárias partiram para a galhofa.

Muitos lembraram que a mesma “idiota inútil” ganhou fama, em 2014, ao aplaudir a selvageria de um grupo de “justiceiros” que espancou e amarrou um garoto negro nu a um poste no Rio de Janeiro – e que o mesmo bando era formado de jovens da classe média envolvidos no tráfico de droga. Alguns brincaram se ela já havia “adotado os bandidos” – lembrando a sua frase escrota na ocasião. Outros lembraram sua militância ativa nas marchas golpistas pelo “Fora Dilma” e questionaram se ela estava ganhando algum troco da quadrilha que assaltou o poder. Outros, ainda mais sarcásticos, perguntaram se ela já tinha visitado seu herói Eduardo Cunha, o correntista suíço que se encontra preso no Paraná. Outras indagaram sobre a sua paixão pelo presidente-fascista Donald Trump.
Silvio Santos adora tranqueiras
Quando da declaração favorável aos linchamentos, a situação de Rachel Sheherazade azedou no SBT. Temendo processos na Justiça que pusessem em risco a concessão pública para uma emissora privada que fazia apologia do ódio e do racismo, o “ditador” Silvio Santos chegou a censurá-la publicamente e houve boatos de que ela poderia ser demitida. No final, o empresário famoso pelo seu oportunismo apenas esvaziou a polêmica para salvar sua pupila. No fundo, Silvio Santos adora os “idiotas inúteis”. Nesta semana mesmo, a SBT anunciou a contratação do abjeto Marcão do Povo, que foi demitido da TV Record após seus comentários racistas contra a cantora Ludmilla – chamada de “pobre macaca”.
Segundo informa Flávio Ricco, do site UOL, o apresentador sensacionalista vai chefiar um programa no SBT diretamente de São Paulo. “Ele assinou contrato com a emissora na tarde de segunda-feira… A ordem para a contratação do jornalista partiu de Silvio Santos, por meio de mais um telefonema direto dos Estados Unidos, onde passa férias. Sua estreia vai acontecer ainda nas próximas semanas na faixa da tarde da emissora e, tudo indica, acompanhada de outra mexida na grade de programação a fim de combater o ‘Balanço Geral’ da Record”. Rachel Sheherazade terá agora a ilustre companhia do racista Marcão do Povo. Haja baixaria na televisão brasileira. Não faltam “idiotas inúteis”.
Leia::  Por que a televisão escondeu as exigências do MPF contra Luciano Huck?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *