Mais um plágio de Alexandre de Moraes

Dessa vez a vítima foi o colega no Largo São Francisco e Mackenzie, o professor titular de direito penal Vicente Greco Filho. Já é o terceiro caso que vem à tona nesta semana, todos revelados em primeira mão pelos Jornalistas Livres.

Por Gustavo Aranda, especial para os Jornalistas Livres

Ministro da Justiça licenciado e o mais novo indicado para a vaga deixada por Teori Zavascki no STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes copiou literalmente em seu livro “Legislação Penal Especial” (Editora Atlas, 2006, São Paulo) diversos trechos da obra “Tóxicos, Prevenção – Repressão”, de seu colega da Faculdade de Direito da USP e professor titular de direito penal do Mackenzie, Vicente Greco Filho.

O livro, que é o quinto da coleção “Fundamentos Jurídicos”, toda ela redigida sob a coordenação e responsabilidade de Moraes, foi escrito pelo ministro licenciado em coautoria com o Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Gianpaolo Poggio Smanio. Procurado pelos Jornalistas Livres, o ministro da Justiça licenciado – por meio de sua assessoria de comunicação – não negou a cópia literal dos trechos em questão, apenas afirmou que esta parte do livro foi escrita e é de inteira responsabilidade de seu colega e Procurador-Geral do Estado de São Paulo (leia mais abaixo). Smanio não respondeu às perguntas dos Jornalistas Livres até a primeira publicação desta reportagem. Porém, uma hora depois da matéria ser publicada, a assessoria do Ministério Público de São Paulo entrou em contato com a redação e afirmou que a cópia poderia ter sido feita de qualquer dicionário.

Matéria Completa  ::AQUI::

Leia::  Gerente homossexual do Itaú é demitido após postar vídeo beijando o noivo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *