Liminar derruba nomeação de Moreira Franco

Uma liminar deferida pelo juiz Eduardo Rocha Penteado, numa ação popular movida por estudantes da Universidade de Brasília, acaba de suspender a nomeação de Moreira Franco como ministro de Michel Temer; responsável pelo programa de privatizações, Moreira Franco foi nomeado para ganhar o foro privilegiado e escapar da Lava Jato; amigo íntimo de Temer, Moreira foi delatado pela Odebrecht por supostamente receber propinas nas concessões dos aeroportos; ele também é investigado na Operação Cui Bono, que investiga fraudes nos empréstimos da Caixa Econômica Federal

por Brasil 247 –

Uma liminar deferida pelo juiz Eduardo Rocha Penteado, numa ação popular movida por estudantes da Universidade de Brasília, acaba de suspender a nomeação de Moreira Franco como ministro de Michel Temer.

Responsável pelo programa de privatizações, Moreira Franco foi nomeado para ganhar o foro privilegiado e escapar da Lava Jato.

Amigo íntimo de Temer, Moreira foi delatado pela Odebrecht por supostamente receber propinas nas concessões dos aeroportos.

Ele também é investigado na Operação Cui Bono, que investiga fraudes nos empréstimos da Caixa Econômica Federal.

Confira aqui a decisão do juiz.

Leia::  Avaliação de Temer: o “chumbo” eleitoral do PSDB

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *