Leia declaração de Malala sobre medida de Trump contra entrada de muçulmanos nos EUA

Ativista é reconhecida internacionalmente pela luta por direitos humanos e dos direitos das meninas e adolescentes

Por Luka, Opera Mundi

A decisão de Donald Trump de endurecer as regras para entrada nos EUA no sentido de fechar o país para as comunidades, na sua maioria muçulmana e negra, que estão fugindo de guerras, miséria econômica e afins instalou mais uma crise mundial sobre o tema de refugiados. Uma das figuras mais reconhecidas no mundo no debate sobre direitos humanos e direitos das meninas e adolescentes é Malala Yousafzai, que se pronunciou sobre o tema.

Abaixo a tradução livre que fiz da declaração de Malala sobre o tema:

Estou com o coração partido porque hoje o presidente Trump fechou a porta para crianças, mães e pais fugindo da violência e da guerra. Estou triste ao ver que os Estados Unidos viram as costas a uma importante história de acolhimento de refugiados e imigrantes – pessoas que ajudaram a construir seu país, prontos para trabalhar duro em troca de uma oportunidade justa de uma nova vida.

Estou com o coração partido pelas crianças sírias refugiadas, que sofreram seis anos de guerra que não é culpa delas e são alvo de discriminação.

Estou com o coração partido por garotas como a minha amiga Zaynab, que fugiu de guerras em três países – Somália, Iêmen e Egito – antes dos 17 anos. Há dois anos ela recebeu um visto para vir aos Estados Unidos. Ela aprendeu inglês, terminou o ensino médio e agora está na faculdade estudando para ser advogada de direitos humanos.

Zaynab foi separada de sua irmãzinha quando fugiu do Egito. Hoje a sua esperança de se reunir com sua preciosa irmã se ofusca.

Neste momento de incerteza e inquietação em todo o mundo, peço ao presidente Trump que não dê as costas às crianças e famílias mais indefesas do mundo.

Leia::  EUA destruiu no Afeganistão túneis construídos com próprio dinheiro

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *