Dória paga correndo R$ 90 mil que devia de IPTU há 15 anos

por Fernando Brito, Tijolaço

O castigo vem a cavalo.

João Dória, o Gari, o Pedreiro, o Lixeiro, o Cadeirante, o Galo de Briga, teve de meter a mão no farto bolso e pagar correndo os R$ 90 mil que devia á Prefeitura da cidade que governa.

Ele contestou na Justiça a cobrança de uma alíquota progressiva no IPTU de sua mansão, de 3.042 m², nos Jardins, e entrou na Justiça para não pagar parte do imposto.

Perdeu e, este més, foi parar no cadastro de devedores do Fisco Municipal.

Alertado, saiu correndo para pagar.

Pagou, mas é impagável a cena.

Teve de “acelerar” para não ficar como o que foi, durante 15 anos, um inadimplente.

Mas não é muito.

Segundo a Exame, o preço do metro quadrado nos Jardins ultrapassa R$ 15 mil, o que faz com que os 90 mil representem, sobre os mais de três mil metros quadrados de Dória,  um pouco mais que 1,5% do valor, já incluídas aí as multas, os juros e a mora.

Simpático como é, qualquer anúncio nas revistas de sua propriedade paga o prejuízo.

Leia::  Curitiba ‘deixou só’ Sérgio Moro; assista o que a Globo não mostrou

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *