Ambos delatados, Temer se encontra com Aécio para reaproximação

Do Jornal GGN
A três dias para a votação da Câmara dos Deputados sobre autorizar a denúncia contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente reuniu-se com o senador também alvo da Operação Lava Jato, Aécio Neves (PSDB-MG). Temer o convidou para um jantar no Palácio do Jaburu, neste sábado (29).
De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, o convite de Temer a Aécio foi um gesto de “manter o PSDB como aliado”. Entretanto, se a tentativa é se reaproximar do partido, o mandatário peemedebista, por outro lado, não adota cautelas em associar seu nome a de outro alvo das acusações do grupo J&F. Temer e Aécio foram delatados por Joesley Batista, dono da JBS, que integra o grupo.
O julgamento de Temer pelos deputados exige que pelo menos 342 parlamentares votem a favor da continuidade do processo, antes de o caso ser remetido à Suprema Corte. A votação está programada para ocorrer nesta quarta-feira (02) pelo Plenário da Câmara.
Entre os parlamentares aliados e de oposição há sinais de falta de consensos e, apesar de Michel Temer ter feito articulações e empenhado emendas parlamentares para conquistar a maioria de apoio pela sua absolvição, existe o receio de traições dentro dos partidos aliados.
Leia::  Temer no bunker

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *