A Globo quer a Oi

O “MT” usa o teu dinheiro, salva a Oi e entrega à Globo. Póóóde?

por Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Por que a Globo jamais reclamou da patranha da Oi, essa que o Renan, o “Justiça” da lista de alcunhas da Odebrecht, aprovou a lavajato, como ultima decisão enquanto presidiu o Senado?

Prejudica a Globo, porque a Oi, “saneada”, ela pode produzir conteúdo de televisão e distribuí-lo.
E fazer concorrência à Globo.

E a Globo nunca disse nada.

Por que?
Porque a Globo quer meter a mão na Oi.

A patranha que está na mesa do “MT” e, como disse o Requião, foi provisoriamente suspensa pelo Ministro Barroso do STF, é para ter a seguinte sequência (e por isso foi fulminantemente aprovada no Senado dos canalhas, canalhas e canalhas, na acepção do Requião e do Lindbergh):

• o “MT” usa o teu dinheirinho e salva a Oi, que está multi-falida;
• uma maracutaia de R$ 100 bilhões! 100 bilhões!
• “saneada” a Oi, a Globo compra a Oi, ou entra no seu grupo controlador;
• a Globo passa a produzir conteúdo – que envenena o Brasil – e DISTRIBUIR CONTEÚDO, via Oi;
• a Globo ferra as demais concorrentes no mercado da tevê aberta.

Ah, mas para isso, a Globo precisará mudar a lei que ela própria criou, para se defender, no passado: quem faz conteúdo não distribui, quem distribui não faz conteúdo!

Ora, dirão os realistas: que lei?
Quem disse que tem lei em vigor?

Se a Globo conseguiu rasgar a Constituição e depor uma Presidenta da República, não conseguirá mudar uma leizinha dessas, que ela mesma redigiu e promulgou, quando interessava?

Ora, direis ouvir estrelas…

Com que dinheiro a Globo vai “comprar” a Oi?, perguntará o amigo navegante.
Ora, com o teu dinheiro, amigo navegante!

Leia::  No Brasil pós-golpe, 34% gostariam de emigrar

Com o dinheiro do BNDES, uma vez que a atual presidenta do BNDES já presidiu uma “comissão” que tentou tomar uma grana do BNDES para salvar a Globo e o Carlos Lessa, então presidente, não deixou (episódio descrito no best-seller “O Quarto Poder – uma outra história“).

Isso significa que a Globo vai tentar, ela própria, por enquanto, enfrentar o Google, a Netflix, o Facebook e todas as plataformas (e produtoras de conteúdo) que falam inglês e se capitalizam no mundo inteiro.

E mais o que vier dos Estados Unidos da compra da Time Warner pela AT&T – ou seja, conteúdo comprado por uma tele.

A Globo vai enfrentar o Chelsea e o Manchester United com o Audax e o Nova Iguaçu!
Mas, com o teu rico dinheirinho, amigo navegante, tanto faz…

Até que ela quebre a cara, como quebrou com a Tele Monte Carlo – desastre ferroviário também descrito no “Quarto Poder” – e seja obrigada a vender-se – porque ela está à venda.

É a breve melhora antes do óbito…
Com o teu rico dinheirinho…

Como diz o ansioso blogueiro:
Globo e Democracia.
Um ou outro.

Em tempo: sobre o Bessinha aí de cima. É que no Maranhão a Globo já quebrou.

PHA

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *