A corrida contra Lula e o “mico” da Veja

por Fernando Brito, Tijolaço

Por dever de ofício, ouço CBN, assisto Globonews e estou vendo, por lá, o denodado esforço dos seus repórteres especialistas em caras e bocas para dar Lula como liquidado.

O Globo e o Estadão, já devem até ter criado uma tecla de atalho para a palavra “condenado”, de tanto que a repetem.

A Veja antecipou sua edição e a capa, claro, é mais uma das dezenas que já publicou anunciando o fim de Lula.

Aliás, pagou o “mico” de fazer uma enquete perguntando se “Lula será preso ou presidente?”. 

Peguei a imagem e, mesmo o site limitando os acessos de não-assinantes, o resultado é acachapante: agora já com cerca de 50 mil votos, segue o percentual de 86% dizendo que será presidente.

Já se providenciou, também, uma entrevista do presidente do Tribunal Regional Federal que examinará, em segunda instância para, num atropelo à 8ª Turma, responsável pelo julgamento, já diz que o processo será julgado antes do início do processo eleitoral.

Mau sinal para a alegria e as comemorações que ensaiaram.

É possível que logo apareçam pesquisas que registrem “queda” nas intenções de voto.

Não creio.

O efeito disso será o crescimento da radicalização.

A elite brasileira está construindo um duelo Lula x Bolsonaro.

O que pode ser eleitoralmente bom para Lula mas é, para civilização nestas terras, um desastre impensável.

Leia::  Xadrez da sinuca de bico da mídia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *